Archive for the 'é a vida e é bonita…' Category

Se der, filhos e netos e nada mais

De vez em quando sou tomado por uma bobeira. De vez em quando por duas. De vez em quando sou tomado por QUATRO bobeiras. Porque existem várias maneiras da gente se comunicar com as pessoas e o telefone é uma delas (talvez não a mais importante) e o telefone é um meio e não uma pessoa.E por que escrevo isso assim, tão de repente num meio de sábado ensolalarado? Porque eu tenho merda na cabeça é a resposta mais objetiva e verdadeira que me vem, mas tem outras.

Meu filho mais novo,a essa hora está em plena enseada de botafogo, num veleiro com o velho marujo, vendo a disputa de aviões. Meus filho mais velho está com sua mulher nas colinas de Minas Gerais preparando-se para fazer contato comigo via internet. Os dois estão por aqui, pertinho e eles, somente eles, me importam dessa forma total que só os filhos nos importam.

“Filhos? Melhor não tê-los… mas se não os temos, como sabê-los?”

Ter filhos, ter a coragem e a capacidade de ter filhos é uma das coisas mais maneiras do mundo. Eu seria, sem dúvida, outra pessoa, se não tivesse esses dois caras que eu tenho, que me enchem a vida de novidades, que povoam minha cabeça de idéias novas, de pensamentos que, sozinho, eu não teria.

Às vezes fico pensando que uma pessoa sem filhos não pode ser igual a uma pessoa com filhos.

Na verdade eu tava falando de companhia, pensando em companhia. Tem horas que eu não quero, que detesto companhia,tem horas que eu quero companhia Vá entender ! Me entender? Desista, eu já desisti há muito tempo.

Mas o que importa é que, se eu não morrer logo, vou ter netos e aí eu enlouqueço de alegria de vez. Não é todo mundo que chega aos 55 anos. Penso nisso quando estou dando uma volta no quarteirão, por exemplo. Quando tem um explosão de sons e luzes na minha cabeça. Ou quando eu piro. Quem não pira? Existem várias maneiras, né?

Porque você pode pirar com educação, pode pirar de uma maneira agradável…  pode pirar até com uma baita sorriso no rosto, não é mesmo?  Pois aí está lançada a campanha: Dê uma pirada, mas seja normalzinho ! Ah Ah Ah

 

P.S.  K. já sei que a senhorita é do contra, tem esses dois milhões de motivos para não, mas trate de colocar essa mãozinha alva na consciência.

Anúncios

revigorando o rio

A Lapa está está crescendo horizontalmente. Há quatro anos atrás eu morava numa rua, distante o suficiente do “agito” para viver no silêncio mesmo nas madrugadas de sábado. Em muito poucos anos a coisa vem mudando. Próximo aos Arcos não há mais espaço para os novos bares que vêm vindo mais para cá, em minha direção. E com eles o som das músicas, o barulho. Bem verdade que ainda é distante, baixo, mas já ouço. Nesse ritmo, em mais dois anos terei uma casa de shows na minha esquina !

Céus vermelhos da minha terra

Tava tentando escrever no glorioso I. Explorer e nada acontecia. Ele come as letras que digito e olha que digito mui lentamente. Coisas da Microsoft. Então, Viva o Mozilla!. Isso não vem ao caso. Bom, tentei postar a foto, mas não consegui… sei lá o porquê. Enfim, era um céu absolutamente vermelho (lindo!) com fiapos de nuvens. Quando morei numa casinha de campo em Secretário costumava ver sempre o sol nascer e, nascer avermelhado significava um dia belo e frio. Era quando eu juntava a lenha para mais tarde preparar a lareira. Já por aqui parece que não é a mesma coisa: o dia nasceu finalmente e, para minha surpresa, chuvoso. Chove e, eventualmente, faz sol numa espécie de traquinagem de São Pedro. De qualquer forma, de uma maneira ou de outra, o céu é belíssimo. O céu é a expressão da própria vida. As pessoas que andam olhando o chão, muitas vezes perdem um espetáculo inesquecível. Tem gente que faz análises e ‘prevê’  o futuro através da posição dos astros. Nisso eu não acredito. Antes, acredito numa beleza ampla e plena da vida incluindo as matas, o céu e mesmo o concreto, o asfalto e a fumaça. Cada um vive a vida na época em que veio para viver. Igualmente ocorre com as pessoas: umas mais belas, outras não tanto. Porque vale a beleza interior, vale a percepção que cada um tem do outro e, simultaneamente, do todo. Nem sei mesmo porque falei dessas coisas.


Ela…

Ela...

Trocas

e-mail



Mini blog



"A descoberta do Prozac criou um universo de eunucos felizes"

"É-nos impossível saber com segurança se Deus existe ou não existe. Por isso, só nos resta apostar. Se apostarmos que Deus não existe e ele existir, adeus vida eterna, Alô, danação! Se apostarmos que Deus existe e ele não existir, não faz a menor diferença, ficamos num zero a zero metafísico" Albert Camus

Visite:
wwwgeraldoiglesias.blogspot.com

""Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos."
Nelson Rodrigues

Do que se gosta?

  • Nenhum

Tempo…

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031