BBB, Ópera bufa, mas Ópera

É preciso cautela e discernimento para tratar de alguns assuntos. O “reality” BBB é um deles. Trata-se uma experiência com a interação e a curiosidade de uma população enorme em torno de um grupo que faz um jogo – que começa com esse grupo e, pela curiosidade alheia, se espraia de forma enlouquecida tornando um país inteiro participante desse jogo. A curiosidade em relação ao outro, uma curiosidade atávica e com forte teor psicológico porque deixa-se de olhar para si para olhar pessoas normais que participam de uma brincadeira por um prêmio, uma espécie de gincana…. Uma proposta impensável há trinta anos atrás.

Pode-se dizer que o jogo em si é tolo, que não possui nenhuma espécie de conteúdo (e nem era para ter), que não acrescenta nada a quem assiste (e por que julgar que a maioria é  “burra’?)

Mas não foi essa maioria burra que elegeu vereadores, deputados e presidente da república??? A população que rala, que sua em troca de tão pouco dinheiro, que não se encosta nos poderosos da hora, que paga os maiores impostos do mundo e não têm retorno algum do Estado não pode se distrair?

Agora os intelectualóides de orelha de livros, a turma que vive patrulhando o outro, vive criticando sem olhar seu próprio rabo vem dizer que o BBB é um absurdo?! Por quê? Ora, essa brincadeira com a curiosidade humana, essa interação com o desconhecido, essa torcida (por falar em torcida…. o que nos acrescenta intelectualmente assistir a um jogo de futebol?) O modelo do BBB é usado em todo o mundo, nos países mais adiantados, mais ricos, paises que nem têm “O CARA” como chefe do estado, etc, etc. Existe uma fricção antropológica reconhecida por quem realmente entende de meios de comunicação de massa, de mídias, de jogos, de psicologia… Mas são incapazes (falta de cognição?) de perceber. Enquanto a população se diverte, a máquina funciona, enquanto o dinheiro aparece, o Ibope aumenta e tudo o mais, as viúvas dessa cultura mentirosa, os incapazes de realizar (que fingem que não ter audiência é o máximo, que audiência é um cancro que tudo corrói ficam falando mal e toda essa ignara de crítica. Ufa! Saco!

Anúncios

0 Responses to “BBB, Ópera bufa, mas Ópera”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Ela…

Ela...

Trocas

e-mail



Mini blog



"A descoberta do Prozac criou um universo de eunucos felizes"

"É-nos impossível saber com segurança se Deus existe ou não existe. Por isso, só nos resta apostar. Se apostarmos que Deus não existe e ele existir, adeus vida eterna, Alô, danação! Se apostarmos que Deus existe e ele não existir, não faz a menor diferença, ficamos num zero a zero metafísico" Albert Camus

Visite:
wwwgeraldoiglesias.blogspot.com

""Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos."
Nelson Rodrigues

Do que se gosta?

  • Nenhum

Tempo…

abril 2009
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

%d blogueiros gostam disto: