O bloco na rua

Entre meus três leitores acabei recebendo uma correspondência no mínimo excêntrica. Uma bobagem, mas que vale ser relatada. Eu que sempre postei três textos por dia, agora estou quieto. Já falei disso aqui, mas parece que não surtiu efeito. E mais: que eu estaria magoado e com raiva de uma ou duas pessoas. Absolutamente! Não há um pingo de verdade nessa afirmação. Não tenho bronca de ninguém, não falo mal de ninguém. Nada disso! O que eu às vezes digo é sobre o status de pessoas menos capacitadas e devidamente agraciadas pelo aparelhamento de estado promovido pelo presidente. Mas isso não apenas eu falo. Todo mundo fala o tempo todo. Basta abrir um jornal, de qualquer dia e vai encontrar lá a mesma percepção e, realmente, contra isso não há o que fazer a não ser dar tempo ao tempo, já que esse é “o senhor da razão”. Dia desses eu estava falando da Secretária Municipal de Cultura e as inúmeras boquinhas que ela criou, esquecendo-se totalmente da sua missão maior. Ou seja: a secretária Jandira, faz parte de uma corrente que tem a outra ponta no presidente da república. Eu acreditei que não suportaria um mandato de Lula. Já estamos na metade do segundo e eu ainda não morri. Hoje em dia entendo a sobrevivência dos judeus nos campos de concentração e os “sovietes” que fugiram a tempo. Então eu falo de todas as áreas culturais, do retrocesso de tudo que tem a marca PT e não sou radical quanto às pessoas da ‘boquinha’… entendo que é assim mesmo, de certa maneira em qualquer governo. O que irrita é a irresponsabilidade ao não tocar ‘bonde’, não colocar o bloco na rua.

Anúncios

0 Responses to “O bloco na rua”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Ela…

Ela...

Trocas

e-mail



Mini blog



"A descoberta do Prozac criou um universo de eunucos felizes"

"É-nos impossível saber com segurança se Deus existe ou não existe. Por isso, só nos resta apostar. Se apostarmos que Deus não existe e ele existir, adeus vida eterna, Alô, danação! Se apostarmos que Deus existe e ele não existir, não faz a menor diferença, ficamos num zero a zero metafísico" Albert Camus

Visite:
wwwgeraldoiglesias.blogspot.com

""Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos."
Nelson Rodrigues

Do que se gosta?

  • Nenhum

Tempo…

fevereiro 2009
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

%d blogueiros gostam disto: