Mais propaganda?

Agora vem mais essa notícia: Lula vai destinar (já destinou) mais de 500 milhões para a propagando do governo. Alega que é para o Brasil “ter mais visibilidade lá fora”, mas está claro que é mentira. Essa propaganda destina-se aqui pra dentro mesmo, para as obras e “o que mais tem sido feito por Ele”, bem como para alavancar a popularidade de Dilma (candidata do PT às eleições de 2010). E, ao mesmo tempo, por desconfiar tanto da imprensa, o presidente não dá entrevistas coletivas, prática comum nos países democráticos. Aliás não dá entrevista e não se informa, não lê nem assiste noticiários ou debates… enfim…tudo o que se fala dele. Todos os governos destinam verbas para sua propaganda, mas Lula o faz por outros motivos, não como uma “prestação de contas” à sociedade, mas para influenciar essa mesma sociedade das coisas que ele NÃO FEZ (e olha que ele já criou uma televisão inteirinha para fazer propaganda dele!). Se é prática comum nos governos fazer-se dotações orçamentarias nesses valores não altos, isso eu não sei. O que chama a atenção é o Brasil por si só tão pobre, tão miserável, com tantas (inúmeras) necessidades – saúde, educação, segurança, saneamento básico, estradas, etc, etc.- usar esse dinheiro à la Goebbels para fazer crer aos humildes que estão vivendo um governo fantástico num país cada dia mais maravilhoso. É simplesmente repugnante.

Anúncios

0 Responses to “Mais propaganda?”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Ela…

Ela...

Trocas

e-mail



Mini blog



"A descoberta do Prozac criou um universo de eunucos felizes"

"É-nos impossível saber com segurança se Deus existe ou não existe. Por isso, só nos resta apostar. Se apostarmos que Deus não existe e ele existir, adeus vida eterna, Alô, danação! Se apostarmos que Deus existe e ele não existir, não faz a menor diferença, ficamos num zero a zero metafísico" Albert Camus

Visite:
wwwgeraldoiglesias.blogspot.com

""Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos."
Nelson Rodrigues

Do que se gosta?

  • Nenhum

Tempo…

janeiro 2009
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

%d blogueiros gostam disto: