A eterna patrulha dos idiotas on line

Eu não posso negar que fico completamente bestificado com uns poucos comentários que fazem por aqui e igualmente os muitos e.mails que me mandam. Às vezes dá uma vontade imensa de não dizer mais nada, não escrever mais nada ou, pelo menos, não de uma forma pública. Dia a dia, ano a ano eu vou me conscientizando que os leitores e autores de blogs seguem um padrão, uma regra, um paradigma. Existem os que escrevem críticas a tudo e todos, os que comentam literatura, os que são simpáticos e tornam-se “adoráveis para todos”, os que escrevem poesias, os que publicam fotos interessantes (ou não) e assim por diante. Mas existe sempre um padrão a ser seguido. Quando você escreve alguma coisa sua… uma opinião, um sentimento, uma certeza (ainda que errada), quando você publica qualquer coisa que não se encaixe no previsível, é um inferno. Primeiro as pessoas deixam de te ler. Em seguida te visitam muito esporadicamente para fazer críticas contundentes, para dizer que você está completamente errado, que você não sabe de nada, para te chamar de idiota, para dizer que sentem ‘muita pena’ de você e ainda assim, num rasgo magnânimo, desejar “Boa sorte”.

São as patrulhas que se espraiam por aqui. Você tem que escrever coisas “permitidas”… coisas “possíveis”. Você pode xingar a mãe de quem quiser, você pode perseguir artistas e políticos, pode se pavonear… Existe um universo que é permitido. Dentro desse universo você pode escolher seus temas prediletos e ir em frente que será sempre bem aceito. Agora não ouse falar do desconhecido, falar coisas íntimas levando-as à sério, nem “ser petulante” em afirmar coisas que não sejam convencionais porque aí, meu caro…. aí esse universo meio babaca que dão o nome ainda mais babaca de blogosfera vai te crucificar, vai te disser tudo o que se diria a um cão sarnento se ele entendesse (aliás, acreditam que esses cães entendam mais do que você).

É só isso: se você tem ou pretende ter um blog conheça bem as regras estabelecidas e escreva somente pelo que é aceito, estabelecido. Não tente explicar uma particularidade… diferente, uma discordância fora dos padrões.

A maioria dos autores de blogs são patrulheiros de uma sociedade em rede que pretendem regrada, justa, seguidora de todos os dogmas que trazem dos berços – pouco importando se aqui deveria ser um território livre ou não para exposição de opiniões. Bah! (dedo na garganta)

Calma, minha jovem K. não é uma imitação do seu….é uma imitação BARATA do seu.

Anúncios

4 Responses to “A eterna patrulha dos idiotas on line”


  1. 1 K. - Incompletudes 04/01/2009 às 21:36

    hehehehe

    é só pra te provocar seu “coisa”.

    eu gosto de te ver assim, meio barata tonta, preocupado comigo.. rs rs rs rs

    tipo assim: a Clarice não tinha a sua barata de estimação? (A paixão segundo GH). Eu tenho você..

    hahaha

    beijo, baratão…rs..

    ps: viste que os antibióticos estão fazendo efeito né? humor negro voltou..rs..

  2. 2 G 04/01/2009 às 20:37

    Evidentemente você sabe que não estava me referindo a você. Foi um comentário que, de tão idiota, preferi deletar para poupar a signatária do escárnio público!
    Beijo, beijo

  3. 3 K. - Incompletudes 04/01/2009 às 20:26

    eita que homem bravo…

    G., tava doente! não te abandonei não!

    sobre os patrulhas, ó só… eu sou sua maior patrulha…rs.. te persigo…. te bato… te maltrato… mas, tudo com carinho….rs….

    vc me acha meio “idiotinha” assim? rs rs rs

    nemmmmmmmmmmmm ligoooooooooooooo pros patrulhas… fique bravo não! Eu ignoro ou dou risada…

    por isso que quando vc TENTA me irritar eu te love you mais…rs.rs..rs.

    beijo, beijo

    assinado: sargenta mor…rs.
    (porque patrulha é coisa de cargo menor sabe..rs..)


  1. 1 A eterna patrulha dos idiotas on-line « deutsch - português - english Trackback em 30/03/2009 às 9:18

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Ela…

Ela...

Trocas

e-mail



Mini blog



"A descoberta do Prozac criou um universo de eunucos felizes"

"É-nos impossível saber com segurança se Deus existe ou não existe. Por isso, só nos resta apostar. Se apostarmos que Deus não existe e ele existir, adeus vida eterna, Alô, danação! Se apostarmos que Deus existe e ele não existir, não faz a menor diferença, ficamos num zero a zero metafísico" Albert Camus

Visite:
wwwgeraldoiglesias.blogspot.com

""Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos."
Nelson Rodrigues

Do que se gosta?

  • Nenhum

Tempo…

janeiro 2009
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

%d blogueiros gostam disto: