Das bobagens da net

tem umas coisas que a gente vai fazendo pela vida sem pensar, sem procurar saber se são coisas “certas” ou coisas “erradas”. na maioria das vezes eu vou pelo lado “errado” o que bem demonstra que esses conceitos são absolutamente pessoais, que regras, definitivamente, não existem. já andei rabiscando por aqui sobre isso, sobre regras e leis que as pessoas fazem à seu bel prazer para aplicar nos outros. e olha que um número enorme de gente – a grande maioria – cai nessa e vai sentindo-se culpado à cada peidinho que solta como se o intestino fosse uma bola de encher (rs). e digo isso após uma leitura breve em cinco ou seis blogs onde escrevinhadores vão colocando suas vidas em trilhos alheios, vão elogiando e criticando ações do próximo, vão dizendo que “são espertas”, que não caem nisso ou naquilo. por isso eu acho confuso quando um  blog vira matéria de jornal de outra blogueira – como se virar matéria de jornal fosse alguma coisa muito especial, um mérito, como se a autora do blog estivesse sobre todas as coisas… não está. se determinada criatura tem um blog e uma coluna em jornal e utiliza esse espaço para falar de um blog, das duas uma: ou está sem assunto ou gosta ‘particularmente’ do blog citado. tudo bem, é um direito de cada um. hoje fazem até filmes sobre blogs de gente que não tem a menor importância. tudo pode. o triste da história é que você vai no “material bruto”, no blog mesmo e encontra pessoas vazias, ressentimentos, ódios, “espertezas”, críticas e toda a sorte de bobagens que a publicação imediata permite. eu até leio e fico meio assim, sem saber muito o que dizer. resta-me então criticar, me entristecer quando escrevinhadores não sabem que têm um papel social sim, que escrevem para as pessoas lerem sim e, de certa forma, são formadoras de opinião… contra ou à favor. bom, eu nem ia falar nisso…

Anúncios

1 Response to “Das bobagens da net”


  1. 1 Sentimental 11/09/2008 às 10:35

    Eu estou impressionada com essa questão de blogs. Confesso q até agosto do ano passado eu nunca havia lido ou comentado em um, muito menos visitado.

    Nas minhas andanças virtuais já achei muito blog ótimo, de conteúdo e muita ‘porcaria’ (sim, porcaria pra mim e não pro dono, rs), e acredito mesmo q de alguma maneira são formadores de opinião, pro bem ou pro mal (rs), e acho q as pessoas deveriam usar melhor essa ferramenta, cuidado em todos os sentidos, com o q escrever e como escrever, sim, pq não é só de conteúdo ruim q os blogs estão cheios, me refiro tmb à língua portuguesa.

    Ih, vou parar por aqui, senão daqui a pouco estou levantando polêmica acerca do assunto.

    bisous


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Ela…

Ela...

Trocas

e-mail



Mini blog



"A descoberta do Prozac criou um universo de eunucos felizes"

"É-nos impossível saber com segurança se Deus existe ou não existe. Por isso, só nos resta apostar. Se apostarmos que Deus não existe e ele existir, adeus vida eterna, Alô, danação! Se apostarmos que Deus existe e ele não existir, não faz a menor diferença, ficamos num zero a zero metafísico" Albert Camus

Visite:
wwwgeraldoiglesias.blogspot.com

""Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos."
Nelson Rodrigues

Do que se gosta?

  • Nenhum

Tempo…

agosto 2008
S T Q Q S S D
« jul   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

%d blogueiros gostam disto: