Para a frente a qualquer custo

Buscar novos caminhos é, ou deveria ser, uma prerrogativa do homem. Porque existe sempre a possibilidade (bem mais fácil) de ficar parado, observado nasceres do sol. Na verdade, o homem que se coloca passivamente diante da vida é cômodo para a sociedade. Não fazer e, muito menos, dizer é tudo o que os outros esperam dos seus pares. Mas não é de graça: a beligerância existente em cada um, atávica, faz a roda da humanidade girar. Tal como a corrida espermatozóides, a corrida durante a vida é igualmente dura, incessante e abster-se dessa competição é morrer a pior das mortes. A competição está enraizada em todas as nossas atitudes, pensamentos, ações. A competição não é apenas com o outro, é igualmente conosco. Se um dia faço um determinado produto, no dia seguinte desejo fazer melhor. Se ganho algum dinheiro, desejo ganhar mais. Se descubro o amor, quero ser para sempre um “amador” e por aí vai.

É, portanto, um engano acreditar que a morosidade, a reclusão e a falta de iniciativa podem trazer algum bem. Trata-se de um engodo da famigerada religião católica-cristã que desde tempos imemoriais represa o homem em tudo o que ele tem de bom, em tudo o que ele é capaz de fazer e revolucionar. Não existem apenas grandes revoluções, mas uma eterna e incansável revolução diária em todos nós, dessas revoluções que nos fazem andar para frente, para trás, para os lados, mas caminhar sempre em busca do que, por fim, chamamos prazer (pedra filosofal?). Negar essa possibilidade é cometer suicídio errante, desses que a gente comete, mas não morre.

Anúncios

0 Responses to “Para a frente a qualquer custo”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Ela…

Ela...

Trocas

e-mail



Mini blog



"A descoberta do Prozac criou um universo de eunucos felizes"

"É-nos impossível saber com segurança se Deus existe ou não existe. Por isso, só nos resta apostar. Se apostarmos que Deus não existe e ele existir, adeus vida eterna, Alô, danação! Se apostarmos que Deus existe e ele não existir, não faz a menor diferença, ficamos num zero a zero metafísico" Albert Camus

Visite:
wwwgeraldoiglesias.blogspot.com

""Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos."
Nelson Rodrigues

Do que se gosta?

  • Nenhum

Tempo…

julho 2008
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

%d blogueiros gostam disto: