Revista Brasil, a missão

Hoje, domingo, às 17 h. na TV Brasil foi ao ar o segundo programa da série Revista Brasil com minha direção (uma criação e supervisão do Ricardo Soares). Não posso deixar de dizer que o Ricardo não somente criou o programa como me ajudou demasiadamente (foi meu parceiro) a realizá-lo. Foram muitas discussões de criação, uma “faz e refaz” sem fim, mas o produto ficou pronto (e me sinto muito orgulhoso e tenho certeza de ele também).

Trata-se de um programa novo, moderno com enorme conteúdo e profundo senso de estética. Um programa sincero e, de certa forma, “sofrido” para encontrar um ponto de maturação. Foram noites insones, angústias e alegrias que percorremos todos: ele, Ricardo, eu e toda a minha equipe que comprou essa briga (se eu citar nomes, serei injusto com alguém por esquecimento). Ser novo e moderno não é muita coisa porque sempre existem pessoas boas criando coisas novas. Não. É importante porque é um produto completamente diferenciado do que se assiste na televisão e ele é próprio da Tv Brasil, uma TV Pública que nasce, apesar dos meios de comunicação e crítica não darem o valor, não anunciarem, não se manifestarem. Talvez a TV Pública não tenha ainda setores competentes para a divulgação, não sei. O tempo dirá.

Mas isso não vem ao caso. Um programa, se for de interesse público, se buscar sempre um viés de diferenciação, irá cativar as pessoas de uma maneira ou de outra, nem que seja no “boca a boca”. O barco foi lançado ao mar. As velas se enchem de vento e nos fazer singrar, ir adiante. O tesão é indescritível, desde o criador, Ricardo, até o mais novato estagiário. Estamos todos querendo fazer mais e melhor. As adversidades são enormes, indescritíveis, mas não creio que nos façam retroceder ou diminuir a vontade.

Vamos em frente!

Anúncios

2 Responses to “Revista Brasil, a missão”


  1. 1 Lia 11/07/2008 às 20:23

    Criar e manter algo novo, no Brasil, não é tão simples. Tem muita gente boa produzindo, mas cadê manter? Sinceramente, não se entendo de fato a razão.

    Infelizmente não conheço a TV Brasil (não sei, mas acho que não chega aqui na BA). Mas quanto à Revista Brasil se o projeto é bom, têm a acrescentar em qualidade, fico aqui na torcida. A mídia brasileira precisa mesmo crescer em qualidade!

    Parabéns e sucesso a vocês!!!

  2. 2 Ana Paula 09/07/2008 às 23:08

    Nossa Gê!!
    Tenho certeza de que, com toda essa paixão, o sucesso já está garantido!!
    Ricardo é um profissional com extremo bom gosto e o tal senso estético. Com uma equipe engajada como você descreveu, não tem erro!
    Sucesso para vocês!!
    E irei divulgar para todos os meus amigos e conhecidos!
    Beijão


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Ela…

Ela...

Trocas

e-mail



Mini blog



"A descoberta do Prozac criou um universo de eunucos felizes"

"É-nos impossível saber com segurança se Deus existe ou não existe. Por isso, só nos resta apostar. Se apostarmos que Deus não existe e ele existir, adeus vida eterna, Alô, danação! Se apostarmos que Deus existe e ele não existir, não faz a menor diferença, ficamos num zero a zero metafísico" Albert Camus

Visite:
wwwgeraldoiglesias.blogspot.com

""Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos."
Nelson Rodrigues

Do que se gosta?

  • Nenhum

Tempo…

julho 2008
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

%d blogueiros gostam disto: