Pensamentos tardios…

Os projetos não são todos deixados de lado, apenas alguns. Essa ideologia de estudar e fazer e propor e provocar incendeia a platéia que poderá estar por aqui no dia seguinte ou não. Na maioria das vezes, os que desistem são os que mais se envolveram com idéias diferentes das suas e não, necessariamente, que discordem delas. Conheço algumas pessoas que discordam sempre de tudo. Tem gente que acha engraçadinho. Eu acho chato. É mais uma das coisas que acho chatas e credito esse sentimento à minha idade, uma uma certa irritação com a futilidade. É bem verdade que não consigo muito bem administrar egos e tentativas tolinhas de desestabilizar alguma coisa quando estou à frente de um projeto. Ou estou em meio a esse projeto, não importa. É preciso realmente um grau de informação grande e de cultura para que nos apeguemos às coisas com o intuito de “desmontá-las”. Não vejo ninguém assim no meu horizonte (o último foi Paulo Francis). Da minha parte, enquanto é possível, mantenho-me num recolhimento que aparenta distração ou inação. Volto-me para livros, para anotações aqui e ali de alguma coisa que me seja útil nesse futuro incerto. Gaston Bachelard, se absorvermos bem suas idéias, trata de algo semelhante (em essência). Não tenho muito o que discutir. Detesto falar. Tenho preguiça. Detesto de me expor e ser questionado. Não porque não tenha convicção do que faço, mas porque perdi a paciência mesmo. Não é com ninguém em particular, é com a humanidade que parece-me (salvo exceções) demasiadamente rasa. De uma certa maneira eu acabo perdendo muito com essas atitudes, visto o afastamento das pessoas que não entendem e percebem uma certa “agressividade não manifestada verbalmente” em mim. Talvez seja isso, mas tudo tem mesmo um preço. Fim de semana com grupo de discussão de literatura. Mais questionamentos, mais gente inquirindo sem estar entendendo o todo.

Anúncios

1 Response to “Pensamentos tardios…”


  1. 1 outremer 20/04/2008 às 20:00

    “— e ele disse: cada evento é precedido por uma profecia, mas sem o heroi nao tem evento—“


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Ela…

Ela...

Trocas

e-mail



Mini blog



"A descoberta do Prozac criou um universo de eunucos felizes"

"É-nos impossível saber com segurança se Deus existe ou não existe. Por isso, só nos resta apostar. Se apostarmos que Deus não existe e ele existir, adeus vida eterna, Alô, danação! Se apostarmos que Deus existe e ele não existir, não faz a menor diferença, ficamos num zero a zero metafísico" Albert Camus

Visite:
wwwgeraldoiglesias.blogspot.com

""Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos."
Nelson Rodrigues

Do que se gosta?

  • Nenhum

Tempo…

abril 2008
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

%d blogueiros gostam disto: