Sábia

Dia desses conheci um profeta encarnado numa zeladora de apartamentos humilde e profundamente culta. Fiquei abismado com as surpresas que o mundo revela. Expus todas as minhas teorias, falei o quanto pude de mim, das minhas certezas e das inseguranças, dos medos e dos orgulhos. Ela ouviu calada e depois, com muita calma, serenidade e humildade, respondeu a tudo baseada em Filosofia, citando de cor pensamentos oportunos de inúmeros filósofos e buscando exemplos práticos colhidos nos clássicos da literatura. Confesso que fiquei abismado. Como aquela mulher se viço, dessas que nos passam na rua com toda a sua humildade e pobreza conseguiu tal façanha? Com tanto trabalho duro, onde encontrou tempo para estudar sozinha (autodidata), para conhecer tanta literatura universal, para ir tão fundo na filosofia (clássica – desde os pré-socráticos)? Essa mulher baixa, gorda, feia, andando na feira com seu carrinho, comprando tomates? Como seria possível? Concluí que sou pedante e preconceituoso – e tenho, portanto que aprender muito na vida, não sei nada, não sou nada.

(Sim, sim… A Elegância do Ouriço)

Anúncios

1 Response to “Sábia”


  1. 1 K. - incompletudes.wordpress.com 01/04/2008 às 16:51

    Hummmm, estou toda orgulhosa aqui de pensar que você gostou de minha recomendação literária…rs..

    estou me sentindo a aluna “aplicada” que surpreende o professor..

    :)


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Ela…

Ela...

Trocas

e-mail



Mini blog



"A descoberta do Prozac criou um universo de eunucos felizes"

"É-nos impossível saber com segurança se Deus existe ou não existe. Por isso, só nos resta apostar. Se apostarmos que Deus não existe e ele existir, adeus vida eterna, Alô, danação! Se apostarmos que Deus existe e ele não existir, não faz a menor diferença, ficamos num zero a zero metafísico" Albert Camus

Visite:
wwwgeraldoiglesias.blogspot.com

""Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos."
Nelson Rodrigues

Do que se gosta?

  • Nenhum

Tempo…

abril 2008
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

%d blogueiros gostam disto: