Se menor deveria ser cult

Em duas caixas de sapatos, guardei ontem toda a papelada que venho juntando há anos. Ou melhor: toda não, mas as coisas que me interessavam. Surpreso, entendi que minha vida se resume a duas caixas e meu corpo cremado se resumirá a uma pequena urna. Isso absolutamente – jamais! – me deprimiu, ao contrário, percebi que podemos fazer muito em pouquíssimo espaço. Por essa visão a humanidade é perfeita porque só é “espaçosa” se assim desejarem egos enormes. Muita coisa pode estar num rolo de filme, num livro, numa fita de vídeo tape, numa pequena escultura. Células e átomos nos demonstram isso diariamente e não nos damos conta. Mas é isso. O mundo é pequeno, as pessoas são pequenas (ou deveriam) ser e, se houvesse realmente vontade política dos governantes, não existiria tamanha distância entre as classes. Os homens é que são naturalmente cruéis.

Anúncios

2 Responses to “Se menor deveria ser cult”


  1. 1 K. - incompletudes.wordpress.com 27/03/2008 às 23:46

    Quer um cafuné?

    :)

    Você tem duas coisas mais preciosas que estas duas caixinhas!

    seus filhos.
    essas sim são suas caixinhas preciosas.

    .
    agora, faz uma coisa…

    me dá um sorriso?

    pronto???

    tá rindo para o computador??

    não?

    vai logo, sua peste..rs.

    vai….

    senão arrumo outro “Crocodilo”.

    pronto?

    hummm.. agora sim…

    sorrisos daqueles que te tiro a forceps né???

    .

    beijos, saudades.

  2. 2 Mr. Almost 27/03/2008 às 20:55

    Geraldo?…

    Que é isso homem?… Sempre falando na morte, na velha da foice, em crematórios, asilos, papéis de uma vida em caixas de sapatos…

    Então você pega uma das melhores “meninas” lá da festa e brocha de seguida, homem?…

    Você tem 53 anos, pode viver até aos 100, perfeitamente! Ou seja: está na metade, com mais cinquenta para viver e muitos livros para descobrir e ler, muitos deles ainda não foram sequer escritos…

    Veja sua mãe! É viva, né?… Isso é genético, você ainda tem muito que viver!

    Vou te contar uma historinha:

    Um dia, um amigo mais velho, estava me contando episódios da vida dele, acontecimentos que percorriam os cinco continentes, de Marrocos ao Chile, e todos muito interessantes… Aí, eu, cansado de estar calado, comentei:

    – Você teve uma vida interessante e riquíssima, Augusto.

    Ele retorquiu:

    – Não, não tive. Eu vou ter!

    E, Geraldo, acredito que você poderia falar assim também, se quisesse.

    Abraço.


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Ela…

Ela...

Trocas

e-mail



Mini blog



"A descoberta do Prozac criou um universo de eunucos felizes"

"É-nos impossível saber com segurança se Deus existe ou não existe. Por isso, só nos resta apostar. Se apostarmos que Deus não existe e ele existir, adeus vida eterna, Alô, danação! Se apostarmos que Deus existe e ele não existir, não faz a menor diferença, ficamos num zero a zero metafísico" Albert Camus

Visite:
wwwgeraldoiglesias.blogspot.com

""Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos."
Nelson Rodrigues

Do que se gosta?

  • Nenhum

Tempo…

março 2008
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

%d blogueiros gostam disto: