Torcer contra não

Noites insones. Red Bull na veia (direita). Um caldeirão em ebulição, estou próximo a isso e, ao mesmo tempo tranqüilo. Ainda encontro tempo (imaginem!) para ler Oswald de Andrade e Beckett. Sim, reconheço que faço tudo isso aos pedaços, meio esquizofrenicamente. (Só não sei quem não tem um lado esquizofrênico!). Hoje, na rua descobri que tinha vestido a camisa do lado do avesso e só fui consertar esse lance muitas horas depois. As pessoas à minha voltam andam desesperadas, andam jogando contra, torcendo para que novos projetos e idéias não se realizem. Não consigo entender porquê a resistência ao novo (não, não votei no Lula, mas a maioria do povo votou!). Sinto-me impedido de parar num barzinho e tomar um chope relaxante porque a turma do contra me cerca. Então, adoto a posição de não parar mais em nenhum lugar perto dos “negativistas”. Mas é claro que eu posso estar entrando numa canoa furada, é claro que estou sendo avaliado, mas estou avaliando também. A diferença entre isso é que eu não sou traíra, eu aposto numa proposta e vou fundo, pago pra ver (ainda que no fim eu seja queimado). A Tv Pública, TV Brasil, foi aprovada no Senado. Fato. Hoje, mais do que nunca, morreu definitivamente a TVE. Esse detalhe pra mim é absolutamente irrelevante porque não vivo de siglas nem de passado, quero propostas novas, quero desafios grandes (ainda que eu não consiga realizar). Gosto do desafio, gosto da confiança que pessoas que, praticamente sem me conhecer, depositam em mim. Pode mudar amanhã? Claro que pode! Tudo pode mudar amanhã, inclusive o fato de estar vivo. Só não agüento estar num bar onde as viúvas insistem em resistir às novas propostas e macabramente torcem pelo fracasso. Tô fora!

Anúncios

3 Responses to “Torcer contra não”


  1. 1 PPetra 28/02/2009 às 17:09

    O L A! Tanto gostei que ano passado so vi tv! Caramba, pq que a gente passa anos d nosa vida …tentando fazer a vid..pra que? Esquece tudo e ai um blo dia…foi-se tudo! E o conhecimeto, e ai, como e que fica?E quando vc quer a solidao, mas como dizer se vc se ve acompanhada 24 horas ao dia! Epa, 24 horas ainda bem qu…ne, pq como e que fica??!! E, descobrir o gosto disso, achei ruim, to fora! Ai, privacidade, quanta saudade!!! E insuportavel, necessito de provas, pq alguem acredita em mim, ao menos o mundo sabe,ou parte dele e ja sabem de quem se trata e sabe o amago de mnha alma e de meu carater! Ha, fiquei sabendo a pouquissimo tempo viram??!!!

  2. 2 K. - incompletudes.wordpress.com 13/03/2008 às 11:17

    G,

    por isso que eu amo vc. Por que consegue enxergar além do umbigo, além das visão das viúvas e se aventura e dá uma passo a mais. E se necessário for, volta com toda a “nervura” que Deus (ou a falta de juízo) lhe deu…rs.. Ainda que com a camisa do avesso..rs..rs..rs.rs…

    eu acompanhei ontem pela TV a votação. Torci, obvio, para ser aprovada. E, não é o fim da TVE. É o fim da arcaica TVE. E o recomeço de uma nova televisão, que como você bem disse, independe das siglas.

    SE não der certo, a gente chuta pedrinhas e a nova TV. Enquanto isso, vamos acreditando.

    ps: se eu tivesse visto a camisa ao contrário, não te contaria :P

    beijiossssssssssssssssssssssssssssssss

  3. 3 leve & solto 13/03/2008 às 10:44

    G, sei que “rasgo muita seda” pra vc… Mas, sem pieguice, acredite!

    Gostei demais do post de hoje, inclusive porque sou fanática pelo novo, por mudanças constantes…
    Em relação a TV pública, acredito que as pessoas ficam associando a figura “presidencial” ou mesmo de partido político, pré-julgando e expondo conclusões antecipadas.
    Estou torcendo, falei pro Ricardo um dia, pra nova TV, que a cada dia respeito mais, devido aos profissionais competentes e que admiro (me parece que vc está nessa empreitada também, confere?)!
    Ora, não menosprezando pessoas menos malucas que a gente (rs), tenho comigo que há necessidade de esperarmos o projeto se desenrolar. Neste caso, não adianta ser imediatista. E vejo que tudo tem pra dar certo. E quem sabe possamos em breve esquecermos as programações imbecís (globais ou não), tendo cultura, entretenimento e informação de boa qualidade, trazidas por vocês (equipe sendo formada com esmero).
    Sabendo que em todo projeto existem erros e acertos, mas que o conhecimento técnico e “feeling” de cada um resultará em grandes ganhos aos “viciados” em TV, crianças e adolescentes (no momento sem opção de boa programação) e às “malucas desenfreadas-hiperativas-impacientes-exigentes-chatas” como eu!
    Putz, meu comentário está parecendo seus posts… longos e muitas vezes só entendidos por quem escreve..rsrsrs

    beijão e boa sorte

    Mara

    Sempre vale a pena ACREDITAR, até que provem em contrário!!!!


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Ela…

Ela...

Trocas

e-mail



Mini blog



"A descoberta do Prozac criou um universo de eunucos felizes"

"É-nos impossível saber com segurança se Deus existe ou não existe. Por isso, só nos resta apostar. Se apostarmos que Deus não existe e ele existir, adeus vida eterna, Alô, danação! Se apostarmos que Deus existe e ele não existir, não faz a menor diferença, ficamos num zero a zero metafísico" Albert Camus

Visite:
wwwgeraldoiglesias.blogspot.com

""Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos."
Nelson Rodrigues

Do que se gosta?

  • Nenhum

Tempo…

março 2008
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

%d blogueiros gostam disto: