Por uma Amazônia Pavimentada

Gosto de dormir e acordar cedo. De repente, passo a dormir muito tarde e a acordar igualmente cedo. Não sei bem o que isso ocasiona porque não estou sabendo bem de mim (aliás, nunca soube). Agora, o que me irrita é essa chuva infeliz que eu detesto. Deixa eu ser extremista (só hoje, ok?) O mundo é mal feito. A Terra é mal elaborada. Não tinha que ter arvorezinha nem matinho nenhum, não tinha que ter verde porque aí não haveria essa porcaria dessa chuva. Tudo deveria ser pavimentado e azulejado, um mundo mais clean, mais aço escovado. Mais moradias, prédios, avenidas, mais gente morando bem e mais trabalho. Imaginem o que seria a Amazônia completamente pavimentada… Quanta gente teria casas decentes e quanta mão de obra necessária?? Pulmão do mundo? Ora, ora, quem tem pulmão é gente e quem fuma nem pulmão tem direito! Tenho dito!

Anúncios

5 Responses to “Por uma Amazônia Pavimentada”


  1. 1 Leve&Solto 02/03/2008 às 8:50

    G,

    Temos algo em comum: pulmão deteriorado!!! rs

    bjo

    Mara

  2. 2 G 01/03/2008 às 23:09

    Mara
    Você, como sempre, carinhosa comigo. Eu TE DOU o meu sobretudode lona.
    beijo

    Ana Paula

    Obrigado pelas palavras que me dão ainda mais tesão de escrever. O Ricardo Soares foi uma grata surpresa. Uma amizade muito recente, mas que tenho certeza que vai durar. Tá linkada!
    Beijo

    Urban

    Sim, tinha me esquecido das queimadas! Tá vendo como eu escrevo mesmo sem pensar? rs Muito bem lembrado. Quanto ao meu pulmão (rs) deve ser caso perdido. Não faz mal. Que as minhocas façam bom proveito rs.
    Beijo

  3. 3 Urban 01/03/2008 às 20:58

    Hehehehe … eu também não gosto nem um ppouquinho de chuva, nada mesmo. Gosto de sol, de calor, céu azul, mar verde esmeralda…

    Oi Geraldo, qto tempo hein?! Bom ler vc com esse seu jeito direto e seco… um estilo peculiar, bem seu que não esqueci.

    Apesar de ser defensora do verde, gostei do seu jeito franco ou até irônico … não sei.

    E sem falar que o pulmão do mundo tem sido mais a chaminé do mundo … com tanta queimada.

    Bom finde e cuida um pouco do seu pulmão, rss … Fume menos … se der.

    ;-)

  4. 4 Ana Paula Siqueira 01/03/2008 às 12:01

    ADOREI!!!!!
    Faço minhas, as palavras de Mara!
    Gostei do seu jeito franco de ser rsrs e tens razão: chuva é mesmo um saco!
    Te achei no blog do Ricardo Soares (vim conferir, depois dos elogios dele rsrs afinal, se ele elogia deve ser mais do que bom srrs sabe como ele é, né? rsrs)
    Grande abraço!
    Tá linkado! E tenho dito!
    Ana Paula

  5. 5 Leve&Solto 01/03/2008 às 9:16

    G, talvez depois do que eu vou dizer me queimem em praça pública…

    Mas também odeio chuva!!! Gosto do sol, gosto da noite, mas tudo muito seco…rs

    Por vezes também sou extremista, e acho que admiro seus textos por isso… Sua forma franca, sem usar subterfúgios, não importando se agrada ou não.

    Tenha certeza que muitos pensam como vc, mas morrem de medo de serem taxados de “politicamente incorretos”…

    E aqui lanço a pergunta: o que é ser correto?

    bjo

    Mara

    PS.: Agora aqui em SP, talvez eu peça emprestado pra vc seu sobretudo de lona…rs


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Ela…

Ela...

Trocas

e-mail



Mini blog



"A descoberta do Prozac criou um universo de eunucos felizes"

"É-nos impossível saber com segurança se Deus existe ou não existe. Por isso, só nos resta apostar. Se apostarmos que Deus não existe e ele existir, adeus vida eterna, Alô, danação! Se apostarmos que Deus existe e ele não existir, não faz a menor diferença, ficamos num zero a zero metafísico" Albert Camus

Visite:
wwwgeraldoiglesias.blogspot.com

""Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos."
Nelson Rodrigues

Do que se gosta?

  • Nenhum

Tempo…

março 2008
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

%d blogueiros gostam disto: